Você está aqui: Página Inicial Disciplinas Semiótica da cultura Semiótica da cultura 2012.2 A ética segundo Roland Barthes

A ética segundo Roland Barthes

O professor é uma autoridade, que censura e molda, ou um artista, que liberta e empurra? Ele é o juiz e dono de um saber ou, ao contrário, ele o inventa em parceria com seus discípulos? Em que medida ensinar se confunde com criar? O que deve fazer um mestre: transmitir um saber acabado, ou, em vez disso, estimular a liberdade de seus alunos para inventar novos saberes? Nessa segunda opção _ a escolhida pelo escritor e crítico francês Roland Barthes (1915-1980) o mestre se limita a seguir o antigo modelo grego da “paidéia”. Antigo, mas radicalmente vivo.
Navegação
« Fevereiro 2023 »
Fevereiro
DoSeTeQuQuSeSa
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728